Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(d)Eficiente Dona de Casa

Quando se tem uma doença degenerativa não é o fim do mundo. Aprendemos a adaptar o nosso mundo para funcionarmos. Venho dar dicas úteis para quem tem as mesmas dificuldades. Esta sou eu e o meu dia-a-dia.

(d)Eficiente Dona de Casa

Quando se tem uma doença degenerativa não é o fim do mundo. Aprendemos a adaptar o nosso mundo para funcionarmos. Venho dar dicas úteis para quem tem as mesmas dificuldades. Esta sou eu e o meu dia-a-dia.

E chegou o frio...

15.11.19

 

inverno-conheca-as-caracteristicas-e-curiosidades-

 

A minha doença tem sintomas diferentes dependendo do tempo.. Normalmente com o calor estou mais cansada e mais inflamações, no inverno tenho mais dores e contracturas mas costumava ter um bocadinho mais de mobilidade..

 

Costumava, porque agora vou-me deparando com outras coisas que me limitam. As minhas saídas de casa já eram limitadas, normalmente ia ao supermercado buscar pequenas coisas (se fosse necessário) , a consultas e coisas rápidas. E gostava, gostava de ir ao supermercado, porque era das poucas coisas que fazia sozinha, mas também isso tenho de deixar. Agora que o cansaço já vai sendo menor, embora sempre com as devidas limitações, são as mãos que me começam a limitar. Ontem quando fui buscar algumas coisas, já foi complicado conseguir colocar as coisas no carro, depois para o tapete rolante, depois novamente para o carro e demorei quase meia hora a agarrar o cartão para pagar... As coisas estão a dificultar-se.. 

 

Já tive de deixar de levantar dinheiro sozinha, porque depois tinha dificuldade em tirar o cartão das caixas multibanco, tento levantar dinheiro só quando vou acompanhada para caso haja alguma "emergência" e não consiga retirar o cartão..

 

Mas a verdade é que até o facto de ter de sair de casa sozinha me tem trazido alguma ansiedade. Dantes acontecia quando ia a lugares desconhecidos, por causa das acessibilidades não sabia se tinha tudo acessível para mim. Hoje acontece pelo simples facto de ter de sair, fico cheia de medo das escadas, de levar algum encontrão e perder o equilíbrio, até de que as pernas deixem de funcionar e não consiga voltar para casa sozinha ( já aconteceu), e ter de chamar alguém para me levar para dentro de casa..

 

Enfim, não sei bem o que pensar, sei que não posso ficar sempre em casa mas é onde me sinto bem e segura....

 

Bom fim-de-semana 

link da imagem

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.