Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

(d)Eficiente Dona de Casa

Quando se tem uma doença degenerativa não é o fim do mundo. Aprendemos a adaptar o nosso mundo para funcionarmos. Venho dar dicas úteis para quem tem as mesmas dificuldades. Esta sou eu e o meu dia-a-dia.

(d)Eficiente Dona de Casa

Quando se tem uma doença degenerativa não é o fim do mundo. Aprendemos a adaptar o nosso mundo para funcionarmos. Venho dar dicas úteis para quem tem as mesmas dificuldades. Esta sou eu e o meu dia-a-dia.

Exercício


20.10.17

É sempre recomendável fazer algum tipo de atividade física. A fisioterapia é a mais recomendada pelos médicos em geral. Eu tal como muitos doentes, já passei por alguns hospitais para fazer fisioterapia. Mas nada é consensual, alguns sítios esforçam-se para nos ajudar da melhor maneira que sabem, acredito nisso, mas a verdade é que raramente se encontra nos hospitais, profissionais que têm a especialidade para trabalhar com doenças degenerativas do foro neurológico. A diferença de resultados que se tem é imensa. Estive durante 1 ano na fisioterapia hospitalar e não tive os resultado que tive num centro de reabilitação durante 2 meses. E não ia com nenhum objetivo, nem expectativa. Sim eu sei que a nível hospitalar eles não têm o mesmo tempo, que ao mesmo tempo têm montes de pacientes, eu sei disso e o facto de ter uma doença rara não ajuda. Mas ainda para facilitar temos alguns profissionais que na sua opinião, doentes com doenças crónicas não deviam ser tratadas a nível hospitalar, mas noutro local onde fizessem uma manutenção regular, no entanto nosso país pelo que sei, maior parte dos doentes são tratados a nível hospitalar e sinceramente não sei se haverá alternativa. Para não falar de que em algumas zonas do nosso Portugal, para ter acesso a algum tipo de tratamento temos de nos deslocar dezenas de quilómetros, o que para um tratamento que deveria ser frequente, se torna difícil. Eu optei por outro método, acredito que o melhor médico somos nós, porque nós é que vivemos dia-a-dia com o nosso corpo. Não quero dizer com isto que dispenso os médicos, mas que consigo fazer uma manutenção diferente porque sou eu que sinto as dores, as limitações e as alterações diariamente. Assim pedi uns exercícios a um fisioterapeuta especializado para poder fazer em casa e assim faço diariamente para poder exercitar o corpo e ter mais mobilidade. Alguns exercícios de alongamentos, extremamente importantes para nós, e alguns de musculação, sejamos sinceros o corpo habitua-se a estar sentado. Temos de tentar ter atividades para que a perda muscular não seja tão rápida, claro que não resolve mas ajuda nas dores musculares. Há um site na Internet que eu acho bastante bom, tem várias modalidades na maneira que explicam os exercícios  e podem fazer em casa, a página é: https://www.exercicioemcasa.com.br

Por isso seja o que for, bicicleta, musculação, natação o que interessa é mover os músculos com consciência, porque o excesso de exercício também pode ser prejudicial.

transferir (4).jpg

 

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D