Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(d)Eficiente Dona de Casa

Quando se tem uma doença degenerativa não é o fim do mundo. Aprendemos a adaptar o nosso mundo para funcionarmos. Venho dar dicas úteis para quem tem as mesmas dificuldades. Esta sou eu e o meu dia-a-dia.

(d)Eficiente Dona de Casa

Quando se tem uma doença degenerativa não é o fim do mundo. Aprendemos a adaptar o nosso mundo para funcionarmos. Venho dar dicas úteis para quem tem as mesmas dificuldades. Esta sou eu e o meu dia-a-dia.

Mudança de Pensamento

18.01.19

borboleta-azul.jpg

 

A maneira de pensarmos influencia e muito a nossa maneira de sermos. Acredito que pessoas felizes não têm pensamentos negativos e auto-destrutivos. 

 

Claro que mudar a maneira de pensar não é fácil, nunca é fácil mudar, é mais fácil continuar da maneira que sempre se foi. Porque muitas das vezes é mais fácil, e a mudança assusta sempre, certo? Mas aprender a ter um pensamento positivo sobre nós e para nós próprios faz a diferença. 

 

A maneira como pensamos sobre nós e nos criticamos todos os dias ao espelho, porque temos rugas ou borbulhas se reflecte em nós. Já houve um post antigo que falava mesmo disso aqui. O pensamento é possível de mudar, e estou bem melhor.

 

O pensamento em relação a mim, é sempre o mais difícil de mudar. Não é que tenha algo contra o meu corpo, tem as suas cicatrizes, a sua celulite e até algumas gorduras, nada que eu não consiga lidar e nos dias bons até gostar, mas o problema é a maneira como penso de mim.

 

Para mim nunca sou que chegue.. Agora como estou a estudar a até estou a ter boas notas, qual o meu pensamento, ou os testes são fáceis ou a escola é pouco exigente. Conclusão os bons resultado nunca podem ser fruto do meu trabalho ou do tempo que passo a estudar, porque vamos lá tu não és inteligente. Não és suficientemente inteligente, suficientemente interessante, suficientemente boa dona de casa.. Nem suficiente boa portadora de deficiência, porque estou em casa enquanto vejo outros a sair e fazer actividades radicais (no youtube ), eu sei sou tonta, não há motivo para comparação com ninguém..

 

É sempre o pensamento de não ser o suficiente. Conclusão estou sempre a pensar em alternativas. Alternativas que não me deixa pensar que talvez até posso ser boa em alguma coisa, alternativa esta que de certa forma não deixa com que eu pense bem de mim.... Mas vamos lá, nada é impossível, por isso vou ser boa o suficiente, sou eu e devia de me orgulhar de quem sou e de quem me tornei. A jornada é longa, eu sei, mas não hade ser impossível...

 

Link da imagem

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.