Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(d)Eficiente Dona de Casa

Quando se tem uma doença degenerativa não é o fim do mundo. Aprendemos a adaptar o nosso mundo para funcionarmos. Venho dar dicas úteis para quem tem as mesmas dificuldades. Esta sou eu e o meu dia-a-dia.

(d)Eficiente Dona de Casa

Quando se tem uma doença degenerativa não é o fim do mundo. Aprendemos a adaptar o nosso mundo para funcionarmos. Venho dar dicas úteis para quem tem as mesmas dificuldades. Esta sou eu e o meu dia-a-dia.

Sou um bocado estranha..


02.10.18

Cabeleileira.jpg

 

Já devem ter reparado, sou um bocadinho estranha (bocadinho é pouco), mas vou confessar outra das minhas peculiaridades. Não gosto de ir a cabeleireira, não gosto de cortar o cabelo. A última vez que cortei o cabelo já foi a mais de um ano. Sei que há pessoas que gostam de ir a cabeleireira todas as semanas, respeito, mas não é para mim.

 

Esta semana prometi para mim mesma que ia cortar o cabelo, ia procurar uma cabeleireira e ia cortar o cabelo. Mudei-me para aqui à uns dois anos e a última vez que tinha ido a cabeleireira, tinha ido onde morava quando visitei os meus pais. E então obriguei-me a procurar uma aqui, para me obrigar a ir mais vezes. O cabelo precisava vamos confessar, o meu cabelo é super fino e quanto mais tempo levo a corta-lo pior fica. 

 

E lá telefonei, ao que a Sra muito simpática marcou-me para o mesmo dia, felizmente porque provavelmente se não tivesse sido assim, teria arranjado maneira de fugir. E então lá fui, a Sra super simpática falei um bocado com ela e tínhamos algumas coisas em comuns, nomeadamente a ideia da péssima televisão que temos atualmente em Portugal, baseada em telenovelas e em programas de entretenimento, que de entretenimento não têm nada. 

 

A falta de programas de interesse e com conteúdos, é uma tristeza mas pelos vistos é o que os telespectadores gostam. O que tem audiências é este tipo de programa, por isso é o que temos. Foi uma boa troca de ideias com uma pessoa inteligente e que corta bem o cabelo.

Resumindo foi uma boa experiência e prometi voltar lá pelo Natal. Se for, já é uma evolução positiva .

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.