Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(d)Eficiente Dona de Casa

Quando se tem uma doença degenerativa não é o fim do mundo. Aprendemos a adaptar o nosso mundo para funcionarmos. Venho dar dicas úteis para quem tem as mesmas dificuldades. Esta sou eu e o meu dia-a-dia.

(d)Eficiente Dona de Casa

Quando se tem uma doença degenerativa não é o fim do mundo. Aprendemos a adaptar o nosso mundo para funcionarmos. Venho dar dicas úteis para quem tem as mesmas dificuldades. Esta sou eu e o meu dia-a-dia.

Contas-poupança (produtos de apoio)


03.05.19

Vi uma reportagem do contas-poupança na sic no dia 1 de Maio de 2019, pois bem o trabalho foi bem feito, realmente é verdade que temos direito ao financiamento de produtos de apoio, por várias entidades. Produtos de apoio de várias tipos e de vários valores, mas é tudo tão fácil e maravilhoso como venderam???

 

Claro que não, o sistema está longe de ser fácil e está também longe de ser tão eficiente como o venderam. Talvez haja falta de informação quanto ao que está na lei e quais os direitos, acredito que sim, mas temos de ser verdadeiros e dizer as coisas como elas são. Já contei a minha experiência de espera, aqui. E eu sou uma pessoa nova , imaginem quando são pessoas idosas que podem nem saber ler (porque sim ainda temos pessoas assim em Portugal).

 

Não é concebível uma pessoa andar de entidade em entidade para prescrição do produto, nem de médico em médico para diferentes produtos. Esperar meses a fio e até anos à espera de um produto que é urgente, onde muitas das vezes as pessoas desistem, acabam por sacrificar outros bens essenciais para comprar elas próprias os produtos, porque muitas vezes são produtos de uso imediato e urgentes. Os processos são longos e exasperantes para pessoas que já por si estão frágeis. 

 

Por isso, em vez de fazerem matérias a dizer que há pessoas com falta de conhecimento a gastar dinheiro desnecessário, que muitas das vezes é gasto porque não têm resposta atempada das entidades responsáveis. Se calhar era bom frisar as dificuldades de acesso aos produtos e do tempo que demora, para que a informação seja clara e sem intenção de ser tendenciosa, porque que eu saiba, nem isto é o país das maravilhas e nem tem existido milagres em Fátima. Falem do que realmente se passa, de casos reais...

 

E desculpem mas de nada serve este comentário depois (para quem quiser ver: https://contaspoupanca.pt/2019/05/02/contas-poupanca-o-mais-visto-e-talvez-o-mais-util/), quando o que saiu não espelha nada da realidade e as verdadeiras dificuldades.

 

Escapadinha da Páscoa


24.04.19

Fui recarregar baterias na Páscoa, finalmente fui ver e ouvir o mar. Acho que tem poderes curativos porque sempre que vou, volto melhor. Qualquer dia ainda vou viver para junto do mar .

 

Foram boas em excelente companhia e gostei bastante, apesar da minha condição deixar sempre uma sensação de que aproveitei pouco. No primeiro dia depois da viagem de carro, alguns passeios matinais quando chegou a tarde já começei a acusar algum cansaço, e tive mesmo de descansar porque simplesmente não me aguentava mais . Tive o dia seguinte em que pude passear mais um pouco, foram dois dias de passeio, que me soberam uma maravilha. Se não fosse a minha condição poderia ter aproveitado melhor, mas enfim mais vale pouco que nada. 

 

Não sou muito boa fotografa (já sabem), mas ficam aqui algumas fotos  para partilhar convosco um pouco no mar .

 

 

WP_20190415_12_04_48_Rich.jpg

 

WP_20190414_18_20_12_Rich.jpg

IMG-20190415-WA0006.jpg

 

Presente de aniversário


10.04.19

aniversário.jpg

 

Vou ter uma festa de aniversário de uma colega minha da universidade (da primeira vez que estive na universidade, já foi à alguns anos). Queria oferecer-lhe algo diferente, mas sinceramente não sei muito dos gostos da minha colega.. Sei que gosta de ir às compras, gosta de roupa da zara, de viajar, gosta de animais e pouco mais...

Pensei, pensei e pensei.. E lembrei-me de oferecer um quadro pintado por mim, de uma foto que ela tem no Instagram... Posso ver dois resultados, ou gosta acha uma excelente ideia e vai a correr buscar pregos e martelos para colocar na parede, ou não entende a boa intenção e coloca o quadro no lixo.. Dêem-me a vossa opinião.. Será que iria gostar? Se fosse com vocês preferiam o quadro, ou outra coisa menos pessoal?

 

Link da imagem

"Aí deus nos livre.. "


18.02.19

 

my life.jpg

 

 

Tive de ir a uma consulta da Pneumologia (mais uma especialidade para juntar a várias que tenho), e então lá vou eu à consulta. Ia a voltar para o meu carro, e parei junto ao carro sentada na minha Rodinhas a mexer na mala para achar a chave do carro (eterno problema das malas de mulher). Quando vejo um casal idoso vir na minha direcção, passa por mim e só oiço a mulher dizer para o marido "Aí coitada, deus nos livre..". Fiquei tão parva que nem respondi, devia ter respondido. Mas fiquei tão parva e estupefacta que nem disse nada.

 

Sinceramente, nada disto é fácil, não é fácil andar de cadeira, não é fácil perder faculdades com o passar do tempo, passar por médicos e mais médicos e nunca melhorar, lidar com os olhares das outras pessoas ... nada disto é fácil. Mas pelo amor da santa, isto já é de mais, por isso DEUS NOS LIVRE SIM, deus nos livre de pessoas ignorantes e egoístas que só são capazes de ver o próprio umbigo. Deus nos livre de pessoas concentradas no próprio mundinho que não têm a competência de colocar-se por momentos na pele de outras pessoas. E deus livre a sra de se encontrar comigo novamente, porque desta vez não vou ficar calada...

 

 

Link da imagem

Ah pois é, eu vi...


15.02.19

Sabem que gosto da natureza e animais, ando sempre a olhar para todo o lado quando vou de carro para ver animais. Há sempre os mais comuns, vacas, ovelhas, cegonhas e há aqueles avistamentos mais raros. Desta vez vi um grupo de Grous, confesso que na altura quando os vi não sabia o que era, mas fui investigar. Infelizmente não consegui tirar fotos, mas fica aqui a informação para quem (como eu) tem curiosidade sobre estes animais..

Link para mais informações: http://www.avesdeportugal.info/grugru.html

Grou_1.jpg

 

Link da imagem

Novo internamento...


08.02.19

internamentp.jpg

 

Quando estive internada num centro de reabilitação, à cerca de dois anos (fogo já passou dois anos, o tempo passa a correr), tinha e dizia sempre "Eu estou só aqui para prescrição de produtos de apoio, não irei voltar certamente" e sinceramente na minha cabeça fazia sentido. Foi na altura que necessitava da cadeira de rodas e da respectiva prescrição. Os médicos dizem que não há grande coisa a fazer, por isso não será necessário mais nenhum internamento.

 

Não podia estar mais enganada. Na última consulta o médico não gostou do que viu, sou muito nova para estar assim, tinha novas queixas e seria benéfico ser internada por uns dois meses novamente. Pois, INTERNADA DOIS MESES.. Lá vem o pânico, que vai sendo recorrente nestas situações, mas desta vez é diferente, já sei o que me espera o que faz com que a sensação seja pior, mas também sei os benefícios que tive da última vez.. Não vou dizer que é fácil, nada disto é fácil, estar internada, longe da família, sozinha, tratamentos diários, comida que não presta e até dormir é complicado (sala com muita gente). 

 

Mas tenho de pensar no bem que me faz, e dos benefícios que uma fisioterapia especializada faz. Tentar encarar isto o melhor possível mesmo não gostando. Tem de ser e o que tem e ser, tem muita força. Vamos lá ver quando será, agora é tratar da papelada e aproveitar o tempo que falta...

 

Link da imagem

Conceito de acessibilidade..


01.02.19

 

acessibilidade.jpg

 

 

 

O conceito de acessibilidade é um pouco extenso, há pessoas que ás vezes não entendem ou não querem entender.. É verdade que para uma pessoa de cadeira de rodas é essencial um piso térreo. Claro que sim parte da acessibilidade está assegurada. 

 

Parte porquê? Porque se o local é de piso térreo e pode não tem estacionamento disponível, a acessibilidade a esse local por um portador de deficiência fica também impedido. Porque alguns percursos realizados do estacionamento disponível (partindo do pressuposto que fica longe) até ao local onde pretendemos ir, são dignos de uma corrida de Rally do Dakar além de poder ser bastante cansativo (partindo do pressuposto que conseguimos lá chegar, claro).

 

Não gosto de ver a minha liberdade de ir sozinha a algum local seja privada. Por isso, as coisas tornam-se sempre complicadas quando tenho de ir a locais que não conheço. A garantia de acessibilidade não está bem explicita, por isso vamos lá ver o que me espera. Pode ser que chegue lá e conclua que exagerei, ou que chegue lá e nem consiga sair do carro, enfim. A frase "as coisas são fáceis, nós é que complicamos" nem sempre é bem assim...

 

Link da imagem

Curso para Comprar Champô


23.01.19

Eu tenho um cabelo estranho, o meu cabelo é oleoso na raiz e seco nas pontas. E a minha luta para comprar champô não é pequena, ainda não encontrei nenhum que realmente funciona-se. Uns deixam-me o cabelo ainda mais oleoso (sim é possível), outros são bons no início e depois parece que o cabelo se habitua e pronto lá vou eu comprar outro. Tudo bem até aqui. Mas à dias dou por mim a olhar para as prateleiras dos champôs no supermercado, feita tonta.

 

Porquê? Olho à volta e vejo champô para cabelos danificados, para cabelos fracos, para cabelos pintados, champô com alho, vinagre e outras coisas do demo... E dou por mim a pensar como um humorista disse  "Então e champôs para cabelo sujo, não há?"

 

Na minha altura havia champôs para cabelos oleosos, para cabelos normais e para cabelos secos. Agora a variedade não pára e deixei de saber quais os champôs para cabelos oleosos. Santa paciência, nunca pensei ficar mais de 5 minutos a olhar para rótulos de champôs mas sinceramente fiquei um bocado perdida. Qualquer dia é melhor haver um curso para uma pessoa entender as embalagens dos champôs, porque fiquei completamente baralhada. Será que sou só eu?

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.