Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

(d)Eficiente Dona de Casa

Quando se tem uma doença degenerativa não é o fim do mundo. Aprendemos a adaptar o nosso mundo para funcionarmos. Venho dar dicas úteis para quem tem as mesmas dificuldades. Esta sou eu e o meu dia-a-dia.

(d)Eficiente Dona de Casa

Quando se tem uma doença degenerativa não é o fim do mundo. Aprendemos a adaptar o nosso mundo para funcionarmos. Venho dar dicas úteis para quem tem as mesmas dificuldades. Esta sou eu e o meu dia-a-dia.

Tecnologia a nosso favor


01.11.17

Ás vezes penso ando a empurrar uma parede com a cabeça, que as coisas são difíceis, mal adaptadas, somos marginalizados, tudo é mais complicado e difícil quando se é deficiente. E é verdade e ainda temos um grande caminho a percorrer, mas depois penso que se tivesse nascido uns anos antes seria bem pior. Antigamente os deficientes eram marginalizados, as famílias deparadas com um filho deficiente mantinham-nos fechados em casa, muitas das vezes alguns familiares nem conheciam a sua existência. Não tinham acesso a médicos, produtos de apoio e a palavra integração era simplesmente impensável.

Hoje em dia, tenho tecnologia que me permite ter uma vida mais simples, como o computador que me permite escrever, o telemóvel que graças a tecnologia do ecrã táctil me permite um uso sem restrições. Poço falar nas cadeiras de rodas, das caixas automáticas para os carros, é graças a elas que ainda conduzo. Compras online e serviços como o banco online que permite com que eu trate de assuntos a partir de casa.

Fico contente quando vejo elevadores com botões com números em braille, vejo museus em que estimulam os sentidos para pessoas cegas e na televisão vejo legendas e linguagem gestual para pessoas que não ouvem. Simples assim, muitas vezes dou graça por estar nesta geração e espero que com o tempo cada vez mais haja facilidades para as pessoas com deficiência.

Provavelmente já não será durante a minha existência mas gostaria que um dia que tivéssemos um mundo em que as pessoas com deficiência tivesse as mesmas oportunidades, as mesmas condições, o mesmo respeito e os mesmos direitos que as outras pessoas. 

 

cómo-adaptar-el-currículum.png

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D