Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

(d)Eficiente Dona de Casa

Quando se tem uma doença degenerativa não é o fim do mundo. Aprendemos a adaptar o nosso mundo para funcionarmos. Venho dar dicas úteis para quem tem as mesmas dificuldades. Esta sou eu e o meu dia-a-dia.

(d)Eficiente Dona de Casa

Quando se tem uma doença degenerativa não é o fim do mundo. Aprendemos a adaptar o nosso mundo para funcionarmos. Venho dar dicas úteis para quem tem as mesmas dificuldades. Esta sou eu e o meu dia-a-dia.

Vida de deficiente em Portugal


08.04.18

A vida de um deficiente reformado em Portugal não está fácil. O mercado de trabalho tem poucas ou nenhumas opções para nós, temos direito a uma reforma por invalidez, que ajuda, mas não dá para sobreviver como pessoa financeiramente independente e temos uma Lei que mesmo reformados nos impede de ter qualquer tipo de remuneração acessória. Mesmo que tenhamos a sorte de alguma alma caridosa nos arranje algo para fazer, não podemos ter qualquer rendimento, mas há situações "especiais" que podem estar reformadas e receber remunerações dentro da lei. Isso para mim é uma injustiça.

 

As coisas não são como queremos e na minha opinião o Estado tem alguma culpa. Sim o Estado, que somos todos nós. Porque não basta olhar para nós e achar que somos uns coitadinhos. Coitadinhos uma m***. A própria sociedade devia de nos dar uma oportunidade, para provarmos do que somos capazes. Capazes de apesar das limitações, sermos úteis na sociedade pelo nosso valor.

 

Num grupo a que pretenso do Brasil , qual não é o meu espanto quando começo a ver ofertas de trabalho para portadores de deficiência, sim são vagas próprias para portadores de deficiência. Não seria bom podermos ter essas vagas também em Portugal? Disseram me que a uns anos foi assim, que as vagas no sector público eram destinadas a pessoas portadoras de deficiência, porque é que acabaram com isso, não sei. Mas não seria bom termos essas vagas novamente? Termos oportunidades de trabalho destinado a deficientes?

 

Temos o direito de acesso a tudo, direito de viver a vida o melhor que podemos. Temos o direito de poder ter um sustento que seja digno, que nos permita ter uma vida normal. Enquanto não houver uma mudança na mentalidade, a palavra integração não vai deixar de ser isso mesmo, uma palavra. Inclusão passa por cada um de nós, mesmo deficientes entre si.

 

vagas-para-deficientes.jpg

 

 

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D